Black Billy

Saturday, May 27, 2006

poundiana

torquato era um poeta que amou a ana
leminski profeta que amou alice
um dia pós veio uilcon torto
pegou a jóia de ana
e juntou na pereirAlice
com o corpo e alma das duas
foi bovoar assombradado
pra lá de frança bahia
roendo o osso do mito
pois tudo que sartre dizia
o anjo jurou já ter dito
nonada: biúte – ria

artur gomes
in Brazilírica Pereira: A Traição das Metáforas
http://sagaranagens.zip.net

0 Comments:

Post a Comment

<< Home